Imprensa » Notícias 
ANA e DAEE fixam restrições para captações nos rios Jaguari, Camanducaia e Atibaia, em São Paulo
22/1/2015

A Agência Nacional de Águas (ANA) e o Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado de São Paulo (DAEE) publicaram hoje no Diário Oficial da União a Resolução Conjunta nº 50, de 21 de janeiro de 2015, que estabelece regras e condições de restrição de uso para captações de água nas bacias dos rios Jaguari, Camanducaia e Atibaia.

As regras valem toda vez que o volume útil, disponível por gravidade, no Sistema Equivalente do Cantareira for menor do que 49 hm³, o que corresponde a 5% do volume útil dos reservatórios. 

As medidas de restrição serão estabelecidas em função do estado da vazão em determinados postos fluviométricos (que medem o nível dos rios), de acordo com tabela ao final do texto.

As vazões de referência serão calculadas às segundas e quintas-feiras em cada posto mencionado na tabela. O estado das vazões atualizado será disponibilizado no página eletrônica da Sala de Situação do Comitê da Bacia do rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ)  www.sspcj.org.br . Essas restrições vão obedecer os seguintes termos:

Estado de Alerta:

- não haverá restrição de uso para captações de água, mas os usuários deverão ficar atentos para possível mudança para o estado de restrição

Estado de Restrição:

-  redução de 20% no uso do volume diário outorgado para captação de água para o consumo humano ou dessedentação animal;

 - redução de 30% no uso do volume diário outorgado para captações de água para uso industrial;

- redução de 30% no uso do volume diário outorgado para captações de água para a irrigação e

- paralisação dos demais usos, exceto usos não consuntivos, que são aqueles que retornam à fonte. Ex: navegação, recreação, psicultura, eletricidade. Os usos consuntivos são aqueles que retiram a água de sua fonte, como abastecimento, indústria e irrigação, por exemplo.

A passagem do Estado de Alerta para o Estado de Restrição ocorrerá a partir das 0 h do dia seguinte à disponibilização da informação na Sala de Situação do PCJ e a saída do Estado de Restrição ocorrerá imediatamente após a publicação da informação no referido site.

As regras são para retiradas nos referidos rios e não incluem as retiradas de água dos reservatórios do Sistema Cantareira feitas pela Sabesp para o abastecimento da Região Metropolitana de São Paulo.  

A elaboração das novas regras de restrição foram elaboradas em conjunto pela ANA e pelo DAEE após uma série de consultas junto aos usuários de recursos hídricos nos trechos paulista e mineiro da bacia PCJ. A

s consultas foram feitas a partir de maio do ano passado e após doze reuniões, seis com usuários paulistas e seis com usuários mineiros, foi fechado texto final da Resolução Conjunta ANA-DAEE.  A Resolução Conjunta ANA-IGAM (Instituto Mineiro de Gestão das Águas), com as regras para os usuários do trecho mineiro deverá ser publicada no Diário Oficial em breve.












Funciona preferencialmente no Mozilla
Agência Nacional de Águas - ANA
Setor Policial, área 5, Quadra 3, Blocos "B","L","M" e "T".ea 5, Quadra 3, Blocos "B","L","M" e "T".
Brasília-DF CEP: 70610-200   PABX: (61) 2109-5400 / (61) 2109-5252
Melhor visualizado em 1024x768 com Firefox 3 e IExplorer 7 ou superiores